Posts on Twitter:

Para celebrar os 27 anos da PIBLar: Passeio Ciclístico e Corrida da Paz Saída da Igreja às 8:30h. Aberto ao Público com sorteio de brindes e 1 bicicleta no final. Inscrição 1 kg de alimento não perecível (para participar do sorteio)




Papo top com os garotos da PIBLar sobre espiritualidade e saúde masculina. Só para meninos. Papo de Mano Cristão. Fechô?







Cantata de Páscoa PIBLAR , 21/04 - Domingo às 19h Tema: Deus o mundo amou! Venha celebrar a Páscoa de Cristo com a família PIBLar.




Celebramos o nosso aniversário de 47 anos impactando a comunidade de Laranjeiras - Serra - ES. Nossa programação para o Domingo de Aniversário PIBLar.










Somos uma empresa legitimamente brasiliense e carregamos em nós a garra que a nossa gente tem! Na Plano Ser, fazemos de cada dia uma celebração à nossa cidade. Parabéns, Brasília!




Chuva com raios e ventania causa alagamentos e queda de muros em Ipu







Transformando a por meio da iluminação pública. Vários municípios nos está implementando projetos que estão tornando-os mais inteligentes e conectados




Semana Santa em Oliveira: Laura Rodrigues e Silva [ .rds ]como Maria Madalena [ produção: Aúde Instituto de Beleza @audemaison feat. Larissa Monteiro @larissamonteirojf | foto: Sidney de Almeida @sidneydealmeidafotografo ]




Venha conhecer qual é a Páscoa mais doce que o doce... nesse encontro das Mensageiras do Rei na PIBLar. Presença do Palhaço Gospel, Mixirica.




Neste domingo, às 9:00h, a PIBLar continuará vindo a público para revelar mais um grande segredo. Saiba tudo pessoalmente, venha ao templo.




🏡 : Alunos da Escola Municipal Santa Rita de Cássia foram desafiados a produzirem textos jornalísticos sobre meio ambiente, sustentabilidade e ecoponto através de fotografias de captação de material reciclável. Realizado nas aulas da... (Leia em )







Sexta-feira da Paixão: em Ipu católicos lotam igreja Matriz de São Sebastião




Papo top com os garotos da PIBLar sobre espiritualidade e saúde masculina. Só para meninos. Papo de Mano Cristão. Fechô?




Cantata de Páscoa PIBLAR , 21/04 - Domingo às 19h Tema: Deus o mundo amou! Venha celebrar a Páscoa de Cristo com a família PIBLar.




Índice de infestação em 5,54% indica nível alto de focos do Aedes aegypti em Ipu



Posts on Tumblr:

instagram

B O M. D I A !!! 😀🤗😉 #sorayadesouza #bomdia #goodmorning #bonjour おはようございます。#Buongiorno #早上好。#Guten Morgen #buen día #praca #bh #mg #bhmg #urbanismo #city #cidade #square #bairrosantaefigenia #manhã #gratidao #gratidao🙏 #gratidãoadeus #janela #eindow #windows #olhar #liberdade #liberty #esperanca #hope #sol #sun #turismo #brasil #brazil #timelapse #miniclip (em Bello Horizonte, Minas Gerais, Brazil)
https://www.instagram.com/p/Bwgy3CxFQ2A/?utm_source=ig_tumblr_share&igshid=3naydfivxou2

Made with Instagram
instagram

TIME LAPSE - #sorayadesouza #timelapse #video #film #clipe #nuvem #nuvens #clouds #ceu #sky #revolucao #revolution #storm #tempestade #manha #morning #amanhecer #cidade #city #olhar #eyes #janela #windows #liberdade #liberty #nascerdosol #sunrise (em Bello Horizonte, Minas Gerais, Brazil)
https://www.instagram.com/p/BweN_FDlN0u/?utm_source=ig_tumblr_share&igshid=gauua9pwurs5

Made with Instagram
instagram

TIME LAPSE - #sorayadesouza #timelapse #video #film #clipe #nuvem #nuvens #clouds #ceu #sky #revolucao #revolution #storm #tempestade #manha #morning #amanhecer #cidade #city #olhar #eyes #janela #windows #liberdade #liberty #revolucao #revolution #tempestade #storm #chuva #rain #nuvens #clouds (em Bello Horizonte, Minas Gerais, Brazil)
https://www.instagram.com/p/BwT-DJXldMy/?utm_source=ig_tumblr_share&igshid=1j8y3abhf8icy

Made with Instagram
instagram

TIME LAPSE - #sorayadesouza #timelapse #video #film #clipe #nuvem #nuvens #clouds #ceu #sky #revolucao #revolution #storm #tempestade #manha #morning #amanhecer #cidade #city #olhar #eyes #janela #windows #liberdade #liberty
(em Bello Horizonte, Minas Gerais, Brazil)
https://www.instagram.com/p/BwMdV1NlimX/?utm_source=ig_tumblr_share&igshid=8e4vafsj6fkv

Made with Instagram

Quando se ouve a frase “fazer uma cidade sangrar”, espera-se o sentido figurado. Uma tragédia que tenha causado a comoção da região, um evento triste que abala a todos. A última coisa que se esperaria era a cidade sangrar de verdade.

Começou como um pequeno filete, um pequeno córrego de sangue brotando de uma rachadura na avenida principal. Não passou despercebido por muito tempo, o vermelho muito vivo em contraste com o asfalto. Poderia ser confundido com tinta derramada se não estivesse minando da rachadura no asfalto como um olho d'água.

Ninguém sabia porquê a avenida estava sangrando. Surgiram teorias sobre depósitos de ferro ou corpos soterrados, e a avenida foi interditada por segurança. Enquanto os cidadãos discutiam, a rachadura cresceu, e o córrego de sangue também. O cheiro era quase insuportável, se tornando ainda mais forte com o sol do meio-dia. E a cada dia que passa, a rachadura aumentava mais um pouco, e a quantidade de sangue que jorrava aumentava junto.

Uma semana depois, o sangue parou. Eram três horas da manhã, e as únicas pessoas nas ruas eram os festeiros, os vigias e os que tinham apenas as ruas como morada. E, como um ovo se abrindo por dentro, a rachadura se abriu por completo. O sangue foi diminuindo gradativamente, até sobrar apenas os vestígios para trás. Um dos vigias se aproximou da cratera que ficara no lugar.

Deitada na origem do sangue, havia uma mulher. Ela estava coberta com o sangue que correu pela avenida, e ao mesmo tempo parecia ser feita dele. Ela estava deitada em posição fetal e encarava o vigia, o desafiando a chegar mais perto e lhe pedindo ajuda ao mesmo tempo. O vigia estendeu a mão à mulher, que aceitou a ajuda. Ela não disse nada, apenas se levantou e começou a andar para longe, atraindo os poucos olhares espantados por onde passava.

Quando o vigia olhou as próprias mãos, não havia uma gota de sangue nelas. Mas a prefeitura amanheceu manchada com ele, e a mulher esperava o prefeito dentro de seu gabinete. Não se ouviu a voz da mulher, mas do prefeito se ouviu soluços e lamentos por muito tempo, mesmo depois de a mulher sair da prefeitura pelo telhado, enrolando-se no ar na mesma posição que estava quando saiu de dentro do asfalto, e levar quase todo o sangue consigo, pairando sobre a cidade como um balão meteorológico vermelho.

O prefeito teve de ser afastado. Ele nunca mais foi o mesmo, as mãos manchadas com sangue que nunca saia. Novas teorias surgiram. O fim dos tempos, um cataclisma bizarro da natureza, uma alucinação coletiva. A mais aceita era que ela era a própria cidade, cansada de ser negligenciada até a próxima época de eleições. Mas a mulher continuava pairando sobre a cidade, vagando placidamente pelo céu. Se referiam a ela como a Cidade, e todos temiam chamar sua atenção.

Afinal, ninguém gostaria de ter o sangue da Cidade em suas mãos.

notas sobre ele

pra ser sincera, ultimamente tudo me faz lembrar você!

eu ando pelas ruas procurando, quase que clamando por você, pelo sorriso caloroso, o jeito relaxado de andar, a fumaça do cigarro de menta.

não te ter aqui torna tudo cinza, eu estou abaixo da linha sem você por perto, sinto sua falta…